Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diz Que Helena

A Blogger

IMG_20161016_025344.jpg

 

 

Subscrever no Sapo

helenaduque@sapo.pt _____________________________________________________________________

Pesquisar

 
__________________________________________________________

Livro da Blogger




Mais sobre o livro

Comprar na Wook
_____________________________________________________________________

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

__________________________________________________________

O Bilhete de Avião

Como já tinha dito aqui, vou fazer parte dessa grande família eSem Título.png dessa grande aventura que é o programa Erasmus. E com esta etapa da vida de uma jovem adulta, vêm as perguntas, as dúvidas e as questões que arrasam com a confiança de uma pessoa e quase a fazem recuar. Como todas as decisões referentes a este processo, comprar o bilhete de avião significa mais do que ter a passagem adquirida. Significa que o dia está escolhido e muito dificilmente se pode voltar atrás. Significa que sei exactamente quantos dias faltam para embarcar nesta nova aventura, dizendo adeus à expectativa e recebendo a certeza da melhor forma possível. Significa ter de lidar com as questões que provocam o pânico, indagações tão superficiais como "devo levar o Spongebob?"“será que duas malas de 15kg chegam?” ou “tenho sequer 30kg de coisas para levar?!”. Parece ridículo, mas quando nos apercebemos que vamos estar seis meses longe da família, dos amigos e dos amores da nossa vida, a vida coloca-se em diferentes prespectivas e nem sempre é facil aceitar as suas possíveis variações. E admitindo a verdade,  a preocupação não é genuina; ela só existe para nos convencer que, afinal, não vale a pena ir. Desistir de tudo e ficar na zona de conforto até morrermos de velhice parece ser uma solução acolhedora. Porém, se esta fase é uma das mais entusiasmantes por onde um estudante pode passar, porquê o medo, a falta de segurança, todo o anseio à volta deste momento que deveria ser, acima de tudo, de clebração? A resposta está além das saudades que se irão sentir, da saída da zona de conforto... a resposta está no crescer, no enfrentar a vida adulta quando ainda ontem se entrou na universidade. E a verdade é que todos nós temos pressa de crescer até ao ponto em que percebemos que já não queremos, que está bom assim... que queremos voltar atrás e estancar naquele momento perfeito da vida - o primeiro ano de faculdade. 

Mas quando “tenho em mim todos os sonhos do mundo”, desistir não pode ser sequer hipótese. E o Spongebob vai comigo, dê por onde der.

6 comentários

Comentar post

A Blogger

IMG_20161016_025344.jpg

 

 

Subscrever no Sapo

helenaduque@sapo.pt _____________________________________________________________________

Pesquisar

 
__________________________________________________________

Livro da Blogger




Mais sobre o livro

Comprar na Wook
_____________________________________________________________________

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

__________________________________________________________