Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diz Que Helena

Diz Que Helena

P_20160410_094533.jpg


Como amante das letras, das coisas profundas e das coisas superficiais da vida, uma das minhas maiores paixões é pôr no papel o que vejo, o que vivo e o que sinto. Misturando realidade com ficção, escrevo as minhas histórias, os meus romances, nos tempos livres que a faculdade me dá. Em 2014 publiquei o meu primeiro livro pela Chiado Editora, um romance de título "Heroína".
O Diz Que Helena é uma reflexão dos meus interesses, gostos e sonhos.

+ Sobre a HelenaSubscrever no Sapo

helenaduque@sapo.pt

online _____________________________________________________________________

Livro Publicado




Mais sobre o livro

_____________________________________________________________________

Na mesinha de cabeceira

_______________________________________________________________________

Diz Que É A Minha Estante

Dancer in the Shadows
Wedding Bell Blues
Dance of the Snake
Sweet sundown
Sermão de Santo António aos Peixes
Auto da Barca do Inferno
Cavalleria Rusticana
The Rasputin Relic
Amos y mazmorras: Segunda parte
Amos y mazmorras: Primera parte
Devil In Disguise
A Walk to Remember
The Last Song
SIGA
Memorial do Convento
Bel: Amor más allá de la muerte
Harry Potter and the Order of the Phoenix
Harry Potter and the Sorcerer's Stone
Harry Potter and the Goblet of Fire
The Tales of Beedle the Bard


Helena Duque's favorite books »
__________________________________________________________

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

__________________________________________________________

Scuola di Italiano Dante Alighieri em Camerino

Uff, não ponho os pés (no caso, as mãos) no meu próprio blog há imenso tempo. Todavia, há sempre qualquer coisa que me faz voltar - e não há sempre? - e desta vez não podia ser nada mais grandioso que a viagem da minha vida. Até podem pensar que estou a exagerar, ou que ainda vivi pouco para dizer que uma viagem - a minha primeira, ainda por cima - é a viagem da minha vida. Se calhar têm razão, mas a verdade é que pouco importa. Nada pode mudar o que vi, senti e vivi em Itália no passado mês de Abril, e tudo graças à Scuola di Italiano Dante Alighieri. Apesar de Camerino ter uma universidade, esta não está diretamente relacionada com a Scuola, que funciona como centro de línguas. 

P_20160426_184316.jpg

Com alguns amigos, na sala de convívio da Scuola 

 

Como estudante de línguas que sou, é de extrema relevância que tenha algum tipo de contacto com os meio onde se inserem as línguas que estudo - se não é regra geral, pelo menos é a minha perspectiva sobre a situação. Posto isto, e através da minha faculdade, tive conhecimento desta escola que ensina a língua italiana em Itália, visando o seu programa não só a aprendizagem da língua, mas também a interacção com o meio cultural, social e gastronómico do país. Como é que eles fazem isso? Através de excursões às grandes metrópoles italianas, organização de mostras gastronómicas, entre outras actividades.

IMG_9664.JPG Uma das actividades: noite de Karaoke! 

 

Camerino, a cidade onde estive durante um mês, é uma pequena cidade ducal situada na região das Marcas, no centro de Itália. É pequena em área, mas a sua história e oferta turística e cultural é tão rica como qualquer outra cidade italiana (a verdade é que há sempre - sempre! - alguma coisa para ver, seja onde for - aquele país é magnifico!)

P_20160425_150256.jpg

Como não amar? Esta era a vista que tinha do meu quarto... É do que sinto mais saudades... 

P_20160404_111640.jpg

A beleza de Camerino está nos mais pequenos e irrelevantes detalhes...  

P_20160404_111630.jpg

Como  o meu objectivo era (e é) aprofundar o conhecimento e o domínio da língua italiana, esta experiência tinha tudo para correr bem. E correu! E é por isso que a quero partilhar convosco, porque há falta de informação (senti isso quando andava nas minhas pesquisas para preparar a viagem) e porque Camerino deu-me tanto que, espero, poder dar-lhe um pouco também levando onde posso a sua beleza e o que ele tem para oferecer. 

2.jpg

 A paisagem era mesmo das minhas coisas preferidas. Tenho a certeza que tirei mais do que uma fotografia por dia à vista que tinha das janelas da minha residência. 

 

A Scuola di Italiano Dante Alighieri tem alojamentos, logo ai é um descanso para alma. Eu fiquei num dos apartamentos da Residência Buongiovani (11ºA  ), que ficava a cinco minutos da Scuola. Como fica mesmo no centro histórico da cidade, é possível chegar a qualquer ponto com grande rapidez, mesmo sem transportes (só apanhei o autocarro urbano duas ou três vezes para ir a um supermercado maior, o Eurospin). O apartamento onde fiquei tinha todas as condições: lençóis, cobertores, cozinha totalmente equipada, secador de cabelo, televisão e internet (que é paga à parte). Era um espaço muito acolhedor, que partilhei com outras sete raparigas durante todo o mês. 

 

L'ultima cena .jpg

 

Festa no apartamento! Uma das últimas noites, noite de despedida... 

Claramente, conheci muita gente fantástica! Tive imensa sorte com o grupo de pessoas que também foram estudar italiano no mês de Abril  Desde as meninas da minha casa, aos vizinhos do andar de baixo, Camerino foi uma experiência do outro mundo, que não teria sido o mesmo sem todas estas pessoas da fotografias e outras que aqui não estão, mas que estarão sempre no meu coração! 

 

Camerino e a Scuola Dante Alighieri são muito mais do que isto, mas há coisas que só se compreendem quando estamos no sítio. Se eventualmente chegaste a este post porque andas a pesquisar sobre escolas de italiano ou mesmo sobre Camerino e a Scuola di Italiano Dante Alighieri, e tiveres algum tipo de dúvida, não hesites em enviar e-mail para helenaduque@sapo.pt. Ajudar-te-ei no que me for possível  E se tiveres dúvidas se deves ir... vai! A única certeza que te posso dar é: vais apaixonar-te violentamente. Eu apaixonei-me, e não vejo hora de voltar... 

1 comentário

Comentar post

Diz Que Helena

P_20160410_094533.jpg


Como amante das letras, das coisas profundas e das coisas superficiais da vida, uma das minhas maiores paixões é pôr no papel o que vejo, o que vivo e o que sinto. Misturando realidade com ficção, escrevo as minhas histórias, os meus romances, nos tempos livres que a faculdade me dá. Em 2014 publiquei o meu primeiro livro pela Chiado Editora, um romance de título "Heroína".
O Diz Que Helena é uma reflexão dos meus interesses, gostos e sonhos.

+ Sobre a HelenaSubscrever no Sapo

helenaduque@sapo.pt

online _____________________________________________________________________

Livro Publicado




Mais sobre o livro

_____________________________________________________________________

Na mesinha de cabeceira

_______________________________________________________________________

Diz Que É A Minha Estante

Dancer in the Shadows
Wedding Bell Blues
Dance of the Snake
Sweet sundown
Sermão de Santo António aos Peixes
Auto da Barca do Inferno
Cavalleria Rusticana
The Rasputin Relic
Amos y mazmorras: Segunda parte
Amos y mazmorras: Primera parte
Devil In Disguise
A Walk to Remember
The Last Song
SIGA
Memorial do Convento
Bel: Amor más allá de la muerte
Harry Potter and the Order of the Phoenix
Harry Potter and the Sorcerer's Stone
Harry Potter and the Goblet of Fire
The Tales of Beedle the Bard


Helena Duque's favorite books »
__________________________________________________________

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

__________________________________________________________